Alunos da EBV iniciam aula de Literatura no Museu ao Ar Livre

A fim de aproveitar o espaço do Museu ao Ar Livre Princesa Isabel, mais especificamente da unidade “Casa do Colono”, os alunos do Terceirão da Escola Barriga Verde – EBV iniciaram os estudos de Literatura. O objetivo da visita foi convidá-los a pensar a cultura a partir do final do século XIX e, aos poucos, mergulhar na linha do tempo e chegar ao século XV, chegada dos portugueses ao Brasil. Para a professora da disciplina de Literatura, Luiza Liene Bressan, a ambientalização ajudou na compreensão de que são necessárias lentes especiais para que se entenda de que forma se projetava a vida nos idos de 1500, sob o ponto de vista do português colonizador. A professora explica que o primeiro documento existente que possa ser considerado literatura brasileira é a Carta de Pero Vaz de Caminha, escrita por Pero Vaz de Caminha a Manuel I de Portugal e que trazia uma descrição de como o território brasileiro parecia em 1500. Luiza ainda ressalta que revistas de viajantes e tratados descritivos sobre a “América Portuguesa” dominaram a produção literária nos dois primeiros séculos do Brasil, incluindo contos conhecidos de Jean de Léry e Hans Staden, cuja história de seu encontro com povos tupis na costa de São Paulo foi extraordinariamente influente para as concepções europeias do chamado “Novo Mundo“.

A atividade realizada na Casa do Colono pela professora Luiza foi nessa última segunda-feira, 19, primeiro dia de aula da EBV.

Rua Padre João Leonir Dell’Alba - 441
Bairro Murialdo
Orleans - SC
(48) 3466 0011
(48) 3466 5611
O Museu ao Ar Livre Princesa Isabel é mantido pela Fundação Educacional Barriga Verde - FEBAVE