Acadêmicos de Direito resgatam a história dos imigrantes com aula no museu

Nos dias 16 e 18 de abril as turmas da sétima fase (T1 e T2) do curso de Direito do Centro Universitário Barriga Verde – Unibave, por meio da disciplina de Direito de Família, ministrada pela professora Márcia Zomer Rossi Mattei, participaram de uma atividade no Museu ao Ar Livre Princesa Isabel. A finalidade foi conhecer a história dos imigrantes que colonizaram as terras pertencentes ao dote de casamento da Princesa Isabel. Além do resgate histórico do processo de colonização, fez-se uma ligação com os costumes e tradições que permeavam os modelos familiares, existentes nas terras da Colônia Grão Pará, fim do século XIX e início do Século XX, a partir dos registros históricos disponíveis no acervo do museu e do Centro de Documentação Histórica Plínio Benício. Os estudantes puderam compreender o passado por meio de registros históricos como as anotações das viagens de navios, as condições da colônia para aceitar as famílias, o documento de como proceder perante o indígena, cartas trocadas entre familiares, livros de registro imigratório, cadernetas de anotações de engenheiros agrimensores, relatórios de representantes da Empresa de Colonização Grão Pará, documento de como proceder perante o indígena, assim como outros que retratam a convivência entre empresa e o indígena xokleng, entre outros registros, apresentados pelos museólogos Idemar Ghizzo e Valdirene Böger Dorigon. Segundo a professora Marcia, os registros históricos disponíveis no acervo do museu permitiram viajar no passado e conhecer algumas práticas das famílias indígenas, adotadas e adaptadas pelas famílias imigrantes, como a fabricação de objetos de uso doméstico, armas de defesa, alimentos, a adoção pelos imigrantes de crianças indígenas órfãs, miscigenação de raças e costumes com a tomada de mulheres indígenas por homens brancos solteiros, etc. A professora também apresentou informações sobre os indígenas catarinenses, como forma de conhecer e resgatar a história regional, sob prisma familiar e de direitos. A atividade finalizou com a visita dos alunos na exposição Indígenas e Imigrantes na Colônia Grão Pará, organizada para Semana da Cultura Indígena.

Rua Padre João Leonir Dell’Alba - 441
Bairro Murialdo
Orleans - SC
(48) 3466 0011
(48) 3466 5611
O Museu ao Ar Livre Princesa Isabel é mantido pela Fundação Educacional Barriga Verde - FEBAVE